Anuncio

Você conhece os riscos do Sedentarismo?

Você conhece os riscos do Sedentarismo?

Quais são os riscos causados pelo sedentarismo?

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os jovens são mais propensos a levar uma vida sedentária do que outras faixas etárias, sendo a população de lá quase 50% sedentária. O Brasil, que ocupa o quinto lugar no mundo, é uma das nações mais sedentárias da América Latina, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A preocupação dos especialistas com a saúde da população se agravou devido ao aumento do tempo médio que as pessoas passam em frente às telas (incluindo televisores, computadores e celulares) durante a pandemia. Melhore o seu conhecimento sobre os efeitos de um estilo de vida sedentário.

O que é sedentarismo?

O comportamento sedentário é considerado o “pai dos males” e tem impacto direto na saúde das pessoas. Um indivíduo sedentário normalmente experimenta:.

  • desencorajamento de praticar exercícios regularmente.
  • fadiga por ficar sentado por muito tempo;.
  • falta de vontade de realizar tarefas simples e regulares.
  • Mesmo que pareça uma situação inofensiva, o sedentarismo está ligado a uma série de doenças, inclusive as cardiovasculares, além de ter potencial para causar diabetes e perda de massa muscular.

5 principais sintomas do sedentarismo

Conhecer os sintomas típicos de um estilo de vida sedentário é uma forma de contornar a necessidade de estar atento a ele.
Eles:

  • cansaço excessivo.
  • dores articulares.
  • um aumento significativo de peso.
  • acúmulo de gordura abdominal e dentro das artérias;
  • aumento do ronco durante o sono e/ou início da apnéia do sono.

Quais são as principais consequências do sedentarismo?

Embora grande parte da população o perceba como normal, o sedentarismo representa uma séria ameaça à saúde das pessoas.

Viver um estilo de vida sedentário aumenta o risco de uma pessoa ter um derrame, insuficiência renal crônica, doenças cardíacas e até mesmo problemas de visão. Além de estar intimamente ligado ao diabetes e à obesidade, um estilo de vida sedentário também aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

Tendo em vista que a atividade física ajuda a diminuir o risco dessas doenças, ainda há indícios de maior incidência de alguns tipos de câncer em indivíduos sedentários.

Como ter uma vida sem sedentarismo?

De acordo com a avaliação médica, primeiro é importante fazer exames regulares para descobrir se há alguma predisposição a doenças ou limitações em determinados tipos de atividade física.

Em geral, é aconselhável fazer caminhadas rápidas e de baixo impacto para começar a promover a saúde física e emocional. No entanto, a prática de exercícios sempre deve ser feita sob a orientação de um médico.

Aliar a prática regular de exercícios a uma alimentação saudável e evitar alimentos muito processados, industrializados e com alto teor de açúcar também contribui para a manutenção de um estilo de vida com menor risco de doenças.

É aconselhável aderir a algumas práticas recomendadas para quem trabalha em casa, como:.

  • a cada 30 minutos, levante-se e caminhe pela casa para se alongar.
  • para trabalhar mantendo uma boa postura, use mesas ajustáveis.
  • Distinga claramente entre o trabalho e outras atividades como comer, dormir e se exercitar.

Fonte: Drauzio Varella, Tua Saúde, Agência Brasil.

Se você gosta deste tipo de conteúdo não deixe de conferir nosso post sobre vida saudável.
Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

Sem comentários